ADVERTORIAL

Aposentada revela o que fez para aliviar as terríveis dores nas costas

Dona Francisca, de 68 anos revala com exclusividade a nossa matéria como fez para aliviar as dores nas costas.

(2675 Votos)

Em meio as notícias de aumento dos contaminados e de uma possível vacina, uma boa notícia para milhares de brasileiros que sofrem de dores causadas por hérnia de disco e nervo ciático soa como ar de alívio.

Dona Francisca, professora aposentada do estado de SP, em uma manhã de domingo em pleno verão de 2010 não conseguiu se levantar da cama por causa de uma dor que irradiava da coxa até as costas, e cada tentativa de movimento era uma dor insuportável.

Após dois gritos de dores, seu marido Carlos, acordou e conseguiu ajuda-la e leva-la até o pronto socorro mais próxima, afinal era a primeira vez que acontecia aquilo.

Depois de uma bateria de exames naquele dia, dona Francisca foi diagnosticada com uma hérnia de disco (L5/S1). Seu médico a explicou que a hérnia de disco pode surgir por diversos motivos, seja hereditários, má postura, idade avançada, sedentarismo, traumas diretos, ficar em pé ou sentado muito tempo principalmente no trabalho.


Na mesma hora ela já sabia que a idade avançada e os anos em pé na sala de aula lecionando para seus alunos poderiam ser a causa daquela terrível dor que havia sentido ao acordar. Seu médico indicou repouso total por sete dias e caso sentisse dores novamente nas costas, voltasse ao consultório.

Ela voltou pra casa, repousou uma semana conforme solicitada e a dor passou momentaneamente. No final do verão de 2010, 2 meses após o primeiro sintoma da hérnia de disco, num dia de fortes raios solares ela acordou e novamente a crise atacou, só que dessa vez foi diferente, quando seu marido tentou ajuda-la, ela não conseguiu sequer ficar em pé, pois a cada pisada era como se uma faca estivesse entrando em suas costas.

Carlos, seu marido teve que pegá-la nos braços para poder levar ela ao carro e poder se deslocar até o consultório. Chegando lá mais calma e com a crise controlada, porém sem conseguir ficar de pé ainda, seu médico fez alguns exames e percebeu que seu nervo ciático estava comprimido, o que causou essa crise e o impedimento dela ficar de pé sozinha.

“Nesse dia meu médico fez uma pressão no nervo ciático para que eu não sentisse mais dores, até funcionou por algumas horas, mas logo depois eu já não conseguia firmar o pé no chão, me sentia com o corpo rígido e mal conseguia dobrar ou fazer algum movimento que envolvesse minhas costas”

“Voltei para casa e fiquei torcendo para que a dor fosse embora logo, não aguentava ficar o dia todo sentada ou deitada sem poder fazer minhas coisas de casa, regar minhas plantas ou até mesmo sair com meu marido ao parque ou a um café na esquina que gostamos muito.”

Seu médico aconselhou fazer alguns exercícios para fortalecer a musculatura das costas para evitar outras crises como essa.


“Comecei a fazer alguns exercícios específicos para quem tem hérnia de disco, mas nada adiantava, só aliviam naquele momento e logo depois as crises vinham novamente... Eu tinha medo de pisar o pé com força no chão, não aguentar de dor e cair para trás, como já havia acontecido antes, e por causa disso vez ou outra tinha que usar moletas no dia a dia”

Mas em 2019 a vida de Dona Francisca mudou da Água para o Vinho com uma visita inesperada.

Em outubro de 2019, seu filho que morava nos EUA veio visitá-la após 3 anos sem vim ao Brasil trazendo sua mulher e sua sogra.

Em quanto Dona Francisca estava preparando um café para seu filho, sua nora e a sogra do filho, uma das crises atacou e ela gritou de dor, tendo que sentar rapidamente.

"Meu filho veio correndo rapidamente para me ajudar, falei para ele que estava tudo bem, que isso era comum, e ele inconformando, disse que dor não é comum, que tem que tratar".

"Após esse episódio, o Carlos terminar o café, e todos nós sentamos na mesa para tomarmos o café da tarde. A sogra do meu filho perguntou, qual problema eu tinha nas costas, respondi a ela que tinha hérnia de disco, e que vez ou ouro tinha alguns ataques e sentia muitas dores, mas que era normal."

"Na mesma hora ela falou que nos Estados Unidos havia um produto com uma tecnologia inovadora que já estava ajudando milhares de americanos que tinham problemas de hérnia de disco, nervo ciático e problemas de coluna para aliviar as dores nas costas.

"Meu filho lembrou que também havia visto esse produto na televisão de lá, mas que não sabia se tinha o produto no Brasil".

Ele entrou na internet e descobriu que havia uma empresa aqui no Brasil, a Ci-Active que havia licenciado o direito de venda do produto e resolveu testar, já que era mais uma esperança.

“Quando descobri que existia uma mínima possibilidade de aliviar aquele tormento, eu não exitei, entrei no site oficial da Ci-Active, vi que já haviam vários depoimentos de pessoas como eu que haviam usado e que tinha funcionado para elas, e comprei”

Após 3 dias da compra, a Ci-Active da Dona Francisca havia chegado e sua ansiedade já tomava conta de todo o seu corpo, afinal era sua última alternativa.

Dona Francisca, 68 anos, professora aposentada relatou sua experiência com o uso da Ci-Active:

1º dia de uso - Comecei a usar a Ci-Active conforme manual indicado, seu ponto de acunputura logo atrás da panturrilha onde passa o nervo ciático. Em menos de 3 horas usando, eu já sentia que alguma coisa estava diferente. Senti meu corpo menos rígido e mais leve. Parei de usar naquele dia e fui dormir com a sensação de alívio e ansiedade ao mesmo tempo, era muito pouco tempo, mas já sentia pequenas melhoras na diminuição das dores.

3º Dia de uso – Já um pouco mais confiente, tentei fazer alguns movimentos mais bruscos, mas a dor ainda estava lá, quando tentei agachar e saltar minha lombar estalou e a dor foi imensa! Sentei no sofá e resolvi ficar usando a cinta por mais uma semana.

8º Dia de uso – Nesse dia eu acordei, e fui direto colocando minha Ci-Active, a cada dia que se passava eu sentia que meu corpo ficava mais leve e que as dores estavam indo embora pouco a pouco, mas logo após o café, tentei agachar e saltar, e para a minha surpresa e do Carlos eu consegui saltar sem sentir medo das dores. Começamos a chorar no sofá da sala, afinal passei muito tempo com medo das dores e agora finalmente eu havia conseguido fazer um movimento brusco sem sentir dor.

17º Dia de uso - Já não estava mais me privando de fazer nada, conseguia me locomover sozinha, apenas usando a Ci-Active para todos os lugares, coisa simples como agachar para apanhar algum objeto me deixava muito feliz, e a única que coisa que eu podia fazer, era agradecer a Deus por ter me mostrado esse produto.

Após 2 meses usando a Ci-Active, eu já não tinha tido mais nenhuma crise, uma dorzinha ali ou aqui, mas nada que me impedisse de ter uma vida normal como antigamente e poder disfrutar com meu marido do que nós construímos.

"Quando voltei ao médico após abertura dos hospitais, ele perguntou como eu estava, respondi a ele que quase não sentia mais dores, e ele foi logo me perguntando como eu havia conseguido aliviar as dores.

"Contei a ele da Ci-Active e como usei ela para aliviar as dores... mesmo pasmem de como uma simples cinta poderia ajudar num problema desses, ele comprou algumas Ci-Active para testar em outros pacientes que também sofriam de dores nas costas e coluna."

"Alguns meses depois ele me ligou para confirmar que realmente a Ci-Active ajudava a aliviar as dores nas costas, graças a tecnologia de infravermelho e um ponto de acunputura que nela existia. Ele falou que 10 pacientes que ele havia testado, 9 tinham demonstrado melhoras significativas das dores nas costas, lombar e coluna após o uso da cinta"

Hoje a dona Francisca voltou a fazer uma das coisas que ela mais gosta, que é dançar! Ela afirmou que nunca mais teve crises e que as dores nas costas não são mais um problema em sua vida!

ATENÇÃO! Não compre a Ci-Active antes de saber disso!

Após a matéria feita com a dona Francisca, entramos em contato com o fabricante Oficial da Ci-Active aqui do Brasil e conseguimos um desconto de 50% para nossos leitores.

Mas atenção, esse desconto especial é apenas para os 100 primeiros leitores que comprarem no link abaixo! Portanto, aproveite a parceiria que fizemos com a Ci-Active e compre com esse super desconto.

Agora é com você!

Essa é a sua chance de aliviar as dores nas costas, com essa cinta magnífica que está revolucionando o mercado.

Aproveite o desconto especial da Ci-Active clicando na imagem abaixo! Mas corra! A promoção não deve durar por muito tempo!

Desconto EXCLUSIVO para você leitor!

Tenho garantia de que Funciona?

O fabricante nos informou que a Ci-Active possui uma garantia total de 30 dias, caso o cliente não sinta efeito. Sinceramente, nós nunca vimos uma empresa dar uma garantia tão grande num produto tão barato!

Onde podem comprar?

O fabricante nos informou que eles só vendem através do site oficial, pois as farmácias são contra produtos que resolvem o problema definitivo como a Ci-Active!